Comandante do 4º GBM de Nova Iguaçu na busca pela excelência 

Fora - Bonbeiros

O tenente-coronel Luiz Cláudio Vieira e seu sub Ribeiro Alves comandam o 4º Grupamento de Bombeiro Militar de Nova Iguaçu/Antonio Carlos/Hora H

À frente do 4º Grupamento de Bombeiro Militar de Nova Iguaçu há exatos um ano, o tenente-coronel Luiz Cláudio Paschoal Vieira contabiliza ações positivas implementadas na corporação, desde que assumiu em 20 de fevereiro de 2018. Em conversa com a reportagem do Hora H, o oficial resume que o maior desafio de seu comando é a busca pela excelência no atendimento à população.
O oficial conseguiu realizar intervenções importantes na parte estrutural da sede localizada na Avenida Governador Roberto Silveira, na região central de Nova Iguaçu. Ele destaca a nova pintura em todo o prédio do do grupamento; a duplicação do alojamento para as oficiais femininas; a criação de uma sala de reuniões, a troca dos aparelhos de ar condicionados e a iluminação externa. “Essas intervenções visam o bem-estar, principalmente dos militares que dormem nos alojamentos”, explicou.

Uma tropa de 300 militares
Sob o comando do tenente-coronel Cláudio Vieira, uma tropa formada por 300 militares dividem-se na parte operacional e administrativa. Somente no 4º GBM são 126 subordinados, os outros retantes estão lotados nos destacamentos de Nilópolis, Mesquita, Belford Roxo, Queimados, Japeri, Paracambi e Seropédica.
No início deste ano, o grupamento recebeu dois novos veículos para reforçar a frota: uma ambulância totalmente equipada para primeiros socorros e uma viatura para recolhimento de cadáveres (popularmente conhecido como rabecão).

Plano contra as chuvas
As fortes chuvas de verão aumentam os riscos de desastres naturais. Nesta época do ano, o Corpo de Bombeiros coloca em prática um planejamento para as ocorrências de chuva elaborado pelo Estado Maior, que vai até 30 de abril, e estabelece medidas que precisam ser providenciadas como respostas diante de situações emergenciais e desastres naturais como enxurradas, alagamentos e deslizamento de encostas. Na área coberta pelo 4º GBM, segundo o comandante, não houve ocorrências consideradas graves. “Os municípios suportaram bem o volume de chuvas”, afirmou, aliviado, ao lado do
subcomandante da corporação, tenente-coronel Ribeiro Alves.
Ao ser questionado sobre a ocorrência de incêndios no ano passado, Cláudio Vieira apresentou números. De acordo com levantamento feito pela corporação, em 2017 foram 342 incêndios contra 288 em 2018. Durante a entrevista, o tenente-coronel anunciou que está em estudo um projeto para levar o Corpo de Bombeiros até as comunidades escolares para ministrar palestras sobre prevenção contra incêndios. Dessa forma, professores e outros profissionais das unidades escolares saberão como agir em uma situação de incêndio. A iniciativa já é desenvolvida nas escolas pela Defesa Civil de Nova Iguaçu.

Ambulâncias reforçam a frota do Corpo Bombeiros
No dia 18 de janeiro, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizou a entrega simbólica das chaves das ambulâncias que foram adquiridas pela corporação. Ao todo, 30 viaturas vão reforçar a frota no território fluminense. O investimento de R$ 6,75 milhões é proveniente dos recursos arrecadados com a taxa de incêndio. O evento aconteceu no Quartel Central e contou com a participação do governador Wilson Witzel.
“Hoje, o Corpo de Bombeiros faz mais de 1.200 socorros por dia. A aquisição dessas ambulâncias não só aumenta a nossa malha, como nos faz continuar exercendo a excelência do atendimento. Outras viaturas e equipamentos, adquiridos por meio dos recursos da taxa de incêndio e do Gabinete da Intervenção Federal, chegarão ainda neste semestre”, afirmou o secretário
de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros RJ, coronel Roberto Robadey Jr.
Durante a solenidade, o governador recebeu a medalha Grã-Cruz da Ordem do Mérito de Bombeiro Militar. Outras personalidades civis e militares, que prestaram serviços para a instituição, também foram homenageadas com condecorações.
“Em nome dos homenageados, agradeço a honra que estão nos outorgando. Carregaremos com orgulho e distinção. Parabéns a essa tropa, que, hoje, recebe essas novas viaturas. Outras chegarão e vamos entregar um Estado melhor do que recebemos. É importante que a população continue pagando a taxa de incêndio. Desta forma, salvamos vidas”, destacou Witzel.

Antonio Carlos/Hora H

Deixe um Comentário