Chefe do tráfico será indiciado por morte de bebê baleado na barriga da mãe

charlinho
Foto: Divulgação

De acordo com o delegado responsável pela investigação, a polícia trabalha também para descobrir quem de fato foi o autor dos disparos.

Charles Jackson Neres Batista, o Charlinho do Lixão, de 23 anos, será indiciado pela morte do bebê Arthur Cosme de Melo, atingido por uma bala perdida quando ainda estava na barriga da mãe.

De acordo com o delegado adjunto da 59ª DP (Duque de Caxias), Aroldo Luiz de Carvalho, não há dúvidas de que, como chefe do tráfico de drogas da Favela do Lixão, Charlinho: “ordenou, estava presente ou teve responsabilidade e conhecimento dos disparos”, até por que ainda de acordo com o delegado, o alvo eram policiais que participavam de uma operação na comunidade. Segundo o delegado, a polícia trabalha também para descobrir quem de fato foi o autor dos disparos, inclusive o que acertou a mãe de Arthur.

Leia essa matéria completa na edição impressa de quarta feira (02)…

Deixe um Comentário