Cartas marcadas em Itatiaia

Itatiaia-20
Foto: Reprodução

Licitação dirigida lança dúvidas sobre transparência da Prefeitura. Justiça vai exigir explicações após mandado de segurança.

Na Prefeitura de Itatiaia, na regão Sul Fluminense, as licitações são um jogo de cartas marcadas. A falta de transparência levou o município à Justiça por força de um mandado de segurança impetrado por uma empresa que ficou impedida de participar de concorrência pública.
De acordo com uma denúncia, o esquema de licitação dirigida praticado pela Prefeitura, considerado inconstitucional pela Lei das Licitações nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e que configura fraude, tem tirado da disputa diversas empresas interessadas.
À Justiça, o diretor de Licitações da Prefeitura, Manoel Henrique de Morais, terá que explicar porque tem se negado a disponibilizar os editais às empresas que buscam informações para participar da concorrência. Ele também será obrigado a esclarecer porque a prática beneficia uma determinada empresa em detrimento de outras interessadas no pregão presencial.

Leia essa matéria completa na edição de quinta feira (20)…

Deixe um Comentário