Campanha contra o assédio nos transportes públicos

site cartaz
Foto: Reprodução/Internet
Policiais femininas, agentes da SuperVia e técnicas da Subsecretaria de mulheres realizam campanha de conscientização na Central do Brasil
A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI) lança hoje a campanha “O Transporte é público, meu corpo não”, na Central do Brasil. A ação, fruto de uma parceria com a Concessionária Super Via e a Polícia Militar, busca conscientizar os passageiros que utilizam o transporte público a como agir em situações de assédio sexual, encorajando as vítimas a denunciarem os abusos. Equipes da SEDMHI, policiais femininas e agentes da SuperVia estarão no local distribuindo material informativo sobre a temática.
Em agosto deste ano, o governador Luiz Fernando Pezão regulamentou a lei que prevê a cobrança de multa de até R$ 1.152, 00 para homens que embarcarem nos vagões femininos, nos horários de 6h às 9h e de 17h às 20h.
“É inadmissível que mulheres continuem sendo vítimas deste tipo de crime, dentro e fora dos meios de transporte. Por isso, a campanha busca conscientizar as vítimas para que elas se sintam seguras para denunciar. Episódios de assédio precisam ser combatidos. Precisamos nos unir para que nenhuma mulher passe por esse constrangimento”, diz o secretário de Direitos Humanos Átila Alexandre Nunes.
O Disque Mulher, canal da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI), recebeu 114 denúncias de mulheres vítimas de violência de janeiro a outubro, deste ano. Através do telefone 2332-8249, entre 9h e 17horas, as vítimas podem relatar casos de assédio e qualquer outro tipo de violência.
 Além do canal de denúncias, a  SEDMHI, através da Subsecretaria de Políticas Para Mulheres, possui três  Centros de Atendimento à Mulher, são eles CIAM Márcia Lyra, CIAM Baixada e CEAM Queimados. Os locais oferecem atendimento à vítimas de violência, garantindo acompanhamento psicológico, social, jurídico, orientação e informação.
A Secretaria também possui o Ônibus Lilás, um veículo itinerante que percorre diversos pontos do Rio de Janeiro, com uma equipe multidisciplinar, que leva assistência jurídica e psicossocial a mulheres em todo o estado.
Calendário do Ônibus Lilás:
Dia 20/10 – 13 às 16h – Mesquita (Rua Guarani, 200 – Jacutinga)
Dia 21/10 – 9 às 13h – Belford Roxo (Ciep Constantino – ao lado do fórum)
Dia 22/10 – 8 às 16h – Niterói (Praça General Gomes Carneiro, Centro – Praça do Rink)
Dia 27/10 – 9 às 13h – Irajá (Rua Oliveira Belo – rua do canal da Penha)
Dia 30/10 –  9 Às 16h Cabo Frio – (CRAS Tamoios – Rua Sorocaba n 08.Sambura- 2 Distrito  Tamoios)

Deixe um Comentário