Barra do Piraí amplia vacinação contra febre amarela para os bairros e distritos

barra do piraí
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Barra do Piraí, através da Nova Saúde, fez, na última segunda, a distribuição das 30 mil doses da vacina contra febre amarela para os postos de saúde dos bairros e distritos da cidade. A ação preventiva visa o combate à transmissão da doença cujos vetores são mosquitos silvestres. As medidas foram tomadas após primeiros casos diagnosticados na região. Houve preocupação do Governo do Estado em adiantar a imunização dos municípios próximos ao local de incidência. Uma vez distribuídas, as vacinas serão disponibilizadas nos postos de todos os bairros do município e, para se vacinar, o morador deve procurar a unidade mais próxima de sua casa.
Segundo dados fornecidos pela administração do Posto Albert Sabin, por conta do grande nível de procura da população, foram enviados enfermeiros da Nova Santa Casa para ajudar no atendimento da demanda. A técnica de enfermagem, Rosilane de Assis, explica o porquê da disponibilização da vacina no município. “Barra do Piraí não é área de risco até o momento. Porém, está muito próxima às áreas afetadas. Por isso, vamos vacinar nossos munícipes e pacientes volantes. A faixa etária indicada para vacinação vai de 9 meses até os 59 anos. É importante alertar que as gestantes, os doentes crônicos e os idosos a partir de 60 anos só poderão tomar a vacina mediante prescrição médica”, explicou.
O diretor do Departamento de Saúde Coletiva, Wagner Teixeira, informou que, nesta segunda-feira, foram atendidas quase 700 pessoas. “Foi feita uma logística para atender à população. Com isso, reunimos um grande número de profissionais no posto para dar uma primeira solução aos cidadãos. Elaboramos uma equipe técnica capaz, para vacinar os barrenses, e aumentamos o espaço para o trabalho. A imunização ocorre, constantemente, na cidade; aqui no posto nunca faltou vacina. A população não precisa correr, pois haverá dose para todos. No ano passado, por exemplo, 50% da população foi vacinada e não há necessidade de tomar segunda dose”, frisou.
A Secretaria de Estado de Saúde informa que os macacos não transmitem a Febre Amarela; eles são vítimas da doença. A doença é transmitida apenas pela picada de mosquitos silvestres. Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo, com movimentos lentos e outros), o cidadão deve informar às Secretarias de Saúde do município ou do estado do Rio de Janeiro.
O secretário de Saúde, Juberto Folena de Oliveira Júnior, comenta que, por falta de informação e boatos distorcidos nas redes sociais, muitas pessoas ficaram preocupadas e acabaram se desesperando para tomar a dose de imunização. O chefe da pasta afirma que todas as unidades serão abastecidas com as vacinas – isso inclui áreas rurais. O município conseguiu 30 mil doses da vacina contra a febre amarela e ainda haverá um reabastecimento com mais 30 mil.
“Não é necessário haver tumulto. A gente pede para que a população tenha calma, paciência e confiança de que todos serão atendidos da melhor forma. Na última semana, o governo, através do prefeito Mario Esteves, teve contato direto com secretário estadual de Saúde, para que se adequasse À campanha de vacinação”, disse.

Deixe um Comentário