Bandidos usaram falsa autorização de estacionamento em assalto na Prefeitura

dckj4z8tijd8g907b5wgdrcky

Os bandidos que tentaram assaltar um carro-forte dentro da Prefeitura do Rio de Janeiro, na Cidade Nova, na manhã desta quarta-feira, utilizaram um carro roubado, com a placa clonada, e uma autorização de estacionamento eventual, que segundo a própria prefeitura, é falsa.

O veículo, um Ford Ka branco, foi roubado em 27 de abril, na região do Campinho, Zona Norte do Rio, mas teve a placa clonada. O carro foi encontrado pouco depois da ação, na rua Madre Tereza de Calcutá, a poucos metros da entrada principal da sede da Prefeitura. De acordo com o comandante Martinez, do 4º BPM (São Cristóvão), que iniciou as investigações prévias, o bando abandonou o carro e fugiu a pé porque teria se confudido na tentativa de fugir para a Avenida Brasil.

Dentro da mala, a polícia localizou doze carregadores de fuzil, arma que foi utilizada pelos criminosos. A capacidade de cada equipamento é de até 300 disparos. A perícia papiloscópica começou às 10h40 e durou cerca de 50 minutos. Foram encontrados muitas marcas de tiros no carro.

Outra perícia, realizada pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) deverá analisar a veracidade do documento de estacionamento. A investigação ficará com a Delegacia de Roubos e Furtos, que solicitará as imagens das câmeras de segurança do prédio para entender a dinâmica dos fatos e identificar os criminosos.

Deixe um Comentário