Bandidos se passam por médicos para aplicar golpes em familiares

quadrilha-01
Foto: Divulgação

A quadrilha atuava em diversos estados e até mesmo de dentro dos presídios

A Polícia Civil do Rio desmantelou uma quadrilha de presos que atuava de dentro de um presídio de Mata Grande, em Rondonópolis, no Mato Grosso, se passando por médicos para aplicar golpes em familiares de pacientes internados em hospitais de todo o país. Foram presas quatro pessoas na cidade onde fica a cadeia que auxiliavam os criminosos no golpe.
De acordo com o delegado Gabriel Ferrando, da 12ª DP (Copacabana), o crime começou a ser investigado há seis meses, após registros de ocorrência feitos por vítimas na delegacia. Entretanto, o golpe é praticado em nível nacional em diversas redes hospitalares há pelo menos três anos, e é estimado que tenham lucrado cerca de R$ 200 mil por mês. A Polícia Civil do Mato Grosso e o Presídio de Mata Grande auxiliaram nas investigações.

Leia essa matéria completa na edição impressa de sábado (29)…

Deixe um Comentário