Árvore de Natal da Lagoa será inaugurada dia 1º de dezembro

arvore

A Árvore da Lagoa, um dos símbolos do Natal carioca, vai voltar a brilhar na Zona Sul do Rio depois de dois anos. A estrutura já começou a ser montada.
A partir das 21h do dia 1º de dezembro deste ano, a estrutura metálica de 70 metros de altura, equivalente a um edifício de 24 andares, será iluminada acompanhada de um espetáculo de fogos de artifício de 7 minutos.
A árvore terá um total de 900 mil micro lâmpadas de led e capacidade para iluminar até 160 casas. O peso da estrutura chega a 369 toneladas mais leve que as anteriores que pesavam 542 toneladas.
Um total de oito apresentações de luz farão parte do espetáculo diário da árvore que estará no meio da Lagoa Rodrigo de Freitas e ficará acesa das 20h até 1h nos dias úteis e nos finais de semana de 20h as 2h.
A árvore será a maior da cidade, embora menor que sua versão de 2014, quando tinha 85 metros, o equivalente a um prédio de 28 andares. O último ano em que a estrutura foi montada foi em 2015, quando parte dela desabou dias antes da inauguração.
Os organizadores chegaram a fazer uma versão menor, de 53 metros, no mesmo ano, mas desde então, a Lagoa não teve mais árvore de Natal.
A versão 2018 da Árvore de Natal da Lagoa terá um novo patrocinador, a Petrobras, enquanto a dos anos anteriores era patrocinada pelo Bradesco.
Durante coletiva de imprensa, o governador Luiz Fernando Pezão frisou a importância da realização de eventos de entretenimento para o Rio de Janeiro e disse que o papel do estado inclui “melhorar a segurança”.
“Essa indústria [do entretenimento] é a cara do Rio de Janeiro. E nós, como governo, o mínimo que podemos fazer é dar condições, melhorar a segurança e investir cada vez mais nessas parcerias. Essa cidade não pode repetir, não quero que nenhum gestor passe pelo que eu passei, por isso estou fazendo a melhor transição possível “, disse Pezão.
O ordenamento urbano vai contar com uma operação especial do Centro de Operações do Rio, com a Comlurb e Guarda Municipal, de acordo com Rodrigo Castro, subsecretário municipal de eventos ligados à Casa Civil.

Deixe um Comentário