Ameaça de assassinato contra juiz fecha fórum da Barra da Tijuca, no Rio

foto-forum-barra

O Fórum Regional da Barra da Tijuca foi fechado na manhã desta sexta-feira depois de uma ameaça de morte contra o juiz e diretor do fórum, Mario Cunha Olinto. O local ficou de portas cerradas por 40 minutos, a partir das 11h. Não houve invasão. O advogado suspeito de fazer as ameaças foi detido por policiais do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) e encaminhado para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Segundo informações do 31º BPM, uma das filhas do advogado ligou para a corporação por volta das 11h para dizer que o pai havia tomado remédios e estaria indo para o fórum com a intenção de matar o juiz e se matar em seguida. A PM avisou ao fórum sobre a denúncia, e o local foi fechado.

Simultaneamente, uma equipe do batalhão foi acionada para uma ocorrência de trânsito na Rua Rino Levi, no Condomínio Novo Leblon e constatou que um dos envolvidos era o advogado — acredita-se que ele estava seguindo para o fórum.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou o advogado, que teria ingerido querosene e uma grande quantidade de remédios para o Lourenço Jorge. Policiais militares estão com defensor no hospital. A ocorrência seguirá para ser registrada na 16ª DPM (Barra da Tijuca).

O motivo da revolta do advogado serio o fato de ter sido condenado pelo juiz a pagar R$ 5 milhões de indenização em um processo no qual era réu.

Em nota, a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça trata o episódio como “suposta ameaça”:

“O Fórum da Barra da Tijuca está funcionando normalmente e atendendo à população. Mais cedo, e por cerca de meia hora, o Fórum foi fechado por medida de segurança em função de uma suposta ameaça contra um magistrado do Tribunal”.

Deixe um Comentário