Agressor de torcedor do Fluminense é preso

bu19kkdwpbrvha0glympd95tp

A polícia prendeu nesta terça-feira, um dos agressores do torcedor do Fluminense, Pedro Lucas Scudieri, que foi agredido por golpes de barra de ferro na cabeça, quando voltava do jogo contra a Portuguesa, nas imediações do Maracanã, na madrugada desta segunda-feira. Outros três jovens que teriam participado da agressão ainda estão sendo identificados pela polícia.

Em nota, a Polícia Civil informou que a 18ª DP (Praça da Bandeira) está investigando o fato “para esclarecer as circunstâncias e a autoria das agressões”. A polícia também aguarda a recuperação da vítima, que está internada no Hospital do Amparo, no Rio Comprido, para convocá-lo para prestar depoimento.

Torcedores fazem mutirão para doar sangue 

Integrantes de várias torcidas do Rio se uniram numa espécie de mutirão para doar sangue ao tricolor. Pedro passou por uma cirurgia e, segundo o último boletim médico, tem a pressão intracraniana normal.

“Se tudo correr bem. Os médicos acham que em 72 horas podem tirar a sedação. O único temos deles é que, com a última lembrança do Pedro é do ato de violência que sofreu, ele possa se agitar muito. Então, estão trabalhando para tentar evitar isso” disse a tia do jovem, a psicóloga Marcia Fernandes Lucas.

Segundo ela, o sobrinho vem recebendo muitas doações de sangue de diversas torcidas do Rio. Na próxima quinta-feira, irá ao hospital um grupo de 200 torcedores.

Onde doar 

Quem quiser fazer doações de sangue para Pedro Scudieri – preferencialmete tipo sanguíneo A+ – deve se dirigir ao Hospital do Carmo, na Rua do Riachuelo 43, 3° andar, no Centro do Rio. Dar o nome de Marilene Scudieri, mãe do jovem.

 

Deixe um Comentário