Vereadora vai pedir explicações sobre merenda em Nova Iguaçu

Até agora calados sobre a denúncia de que as duas empresas que forneciam alimentos prontos para os alunos da rede municipal de ensino teriam sido substituídas sem que houvesse um processo de licitação ou um contrato emergencial, como manda a lei, o prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa e a secretária de Educação, Rojane Calife Jubram Dib serão chamados para dar as explicações necessárias. A informação é da vereadora Renata Magalhães Turques Araújo, a Renata da Telemensagem (foto), que pretende apresentar ao plenário requerimento neste sentido, na próxima sessão da Câmara de Vereadores, depois do carnaval.

O assunto, que teve grande repercussão na cidade, foi noticiado no último sábado pelo elizeupires.com, mas o prefeito não deu qualquer esclarecimento, limitando-se a propagar nas redes sociais a “boa qualidade” da alimentação agora distribuída, ignorando que na administração pública nenhum serviço ou produto pode ser fornecido sem o devido processo legal.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: