Reviravolta no caso de médica assassinada: pode ter sido execução

58dp25kzcb113x3i4aeky8d5o

O delegado titular da delegacia de homicídios da Baixada Fluminense, Giniton Lages, informou hoje que já tem imagens do trajeto e da abordagem de criminosos contra a médica Gisele Palhares morta na Linha Vermelha na noite do último sábado. O depoimento dos dois policiais militares que socorreram a vítima indica que aquela é uma área onde ocorrem muitos assaltos, mas não descarta que o episódio seja um caso de execução. O crime ocorreu por volta das 19h30, na divisa entre São João de Meriti, na Baixada, e Pavuna, na Zona Norte do Rio.
“Existe indícios de que possa ter sido um assalto, mas também não descartamos que possa ter havido um homicídio, por causa dos quatro tiros que foram disparados contra o carro “, disse o delegado.
Os investigadores afirmaram que foi encontrado dinheiro no carro da médica, além de outros bens. A especializada já sabe quantos foram os atiradores, mas afirmou não poder revelar para não atrapalhar as investigações. Uma perícia no local, com a presença do carro, será feita amanhã (29).

Confira reportagem completa na edição de amanhã.

2 Comments

  1. Valéria Coutinho gouvea on junho 29, 2016 at 9:46 am

    A dor ta sendo de toda nossa família e de amigos, queremos justiça, e a quele que tirou a vida da minha Subrinha seja esquecido na cadeia para sempre,os direitos humanos vive passando a mão na cabeça dos bandidos,eles volta pra rua,e tira alquem da família nossa sua e aí o que vcs falao,? Polícias mortos família mortas estrupadas,e aí,tem que muda o nosso rio e te mas proteção, e não só dinheiro no bolso dos nossos governantes, to arrasada minha família, Gisele era a mulher,menina mas linda,doce que já conhecir,não há palavras pra definir a revolta

  2. Suely Maria da Silva gava on julho 2, 2016 at 3:41 am

    O ser humano precisa temer a Deus. Pois o que estamos vivendo é uma guerra Civil, não sonhamos mais, não respeitamos o espaço do outro o pior não Nos colocamos no lugar do outro. Tenho três filhos e vivo em oração por uma sociedade melhor, um mundo melhor.
    Quero pedir ao Deus da vida, sabedoria a todos envolvidos nesta dor que está vivendo o nosso Estado.

Leave a Comment