PT de Nova Iguaçu decide apoiar Bornier

Reunido em convenção no domingo (31) para decidir os rumos do partido, o diretório do PT em Nova Iguaçu aprovou uma coligação majoritária com o PMDB para as eleições deste ano. Oitenta por cento dos convencionais do PT decidiram pelo apoio ao atual prefeito da cidade, Nelson Bornier, que é candidato à reeleição pelo PMDB e vai ser apoiado agora por 17 partidos.

A decisão do diretório municipal é mais um capítulo da rejeição dos petistas ao nome do vereador Carlos Ferreira. Os dirigentes do partido já haviam se manifestado há meses atrás, contra o lançamento do nome de Ferreirinha. O racha, portanto, era previsível.

Em meio a esta confusão, mais um problema: o deputado estadual Rogério Lisboa aprovou, durante a convenção do PR (Partido da República) uma aliança formal com o PT na cabeça de chapa de sua candidatura a prefeito, cabendo ao Partido dos Trabalhadores indicar o Vice.

Rogério pode estar se metendo novamente em encrenca, como em 2012, quando ele que era do DEM, perdeu o apoio do PR para Nelson Bornier, com o qual os convencionais do partido comandado pelo ex-governador Garotinho preferiram fazer campanha. O mal-entendido jurídico deste caso só acabou no apagar das luzes do primeiro turno, quando Bornier trocou sua então candidata a Vice, Nicolasina Acárisi (no PR à época), pela filha Dani (PMDB).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: