Confronto entre a PM e manifestantes na Lapa

Manifestação contra o presidente Michel Temer no centro do Rio de Janeiro, nesta quinta (18).

A ação de policiais militares contra frequentadores de bares na Lapa, na noite desta quinta-feira (18), gerou críticas de clientes e comerciantes. Motoqueiros e soldados do Batalhão de Choque da Polícia Militar, passaram a dispersar as pessoas que se aglomeravam nos bares após a manifestação contra a corrupção e que pedia a saída do presidente Michel Temer e novas eleições diretas ocorrida horas antes na Cinelândia.

Mais cedo, manifestantes haviam ateado fogo em lixeiras ao longo da Avenida Men de Sá, o que levou à interdição parcial do trânsito no local. Na Cinelândia, houve confronto. Pessoas mascaradas jogaram pedras e garrafas contra os policiais, que responderam com bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral. Também houve casos de vandalismo praticados por black blocs.

Leave a Comment