Pai e filha se reencontram após 40 anos

????????????????????????????????????

A espera de uma vida chegou ao fim para Mara Lucia Moreira da Silva. Aos 51 anos, a moradora de Engenheiro Pedreira finalmente vai acrescentar em seus documentos o sobrenome ‘de Oliveira’, de seu pai. Filha de Oswaldino da Conceição de Oliveira, ela passou mais de 40 anos sem vê-lo. O reencontro aconteceu há pouco mais de um ano, em Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio.

Na última quinta-feira (21), eles procuraram o ônibus da Justiça Itinerante, estacionado na Praça Olavo Bilac, no Centro de Engenheiro Pedreira, para dar início ao processo de reconhecimento voluntário de paternidade. O serviço gratuito no município é possível graças a uma parceria entre a Prefeitura de Japeri e o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

“Eu era um garoto novo, muito namorador. Me envolvi com a mãe dela e ela ficou grávida. Cheguei a pegar a Mara Lucia no colo, mas quando ela tinha sete anos eu me mudei para a Bahia. Fui viver um novo amor”, relembra Oswaldino, hoje com 82 anos.

Hoje, pai e filha moram juntos em Japeri, e recuperam o tempo perdido.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: